©2018 Instituto de Fisioterapia

Av. Juscelino Kubitscheck, 1597 - Centro, Foz do Iguaçu - PR

 Tel: 045 30292930

  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social

Doenças do joelho

Tendinite do tendão tibial posterior

A lesão ou degeneração causa dor na parte interna do pé, que pode irradiar ao longo da linha do tendão. Essa lesão é mais comum do que se imagina e é frequente em pessoas com mais de 40 anos, principalmente mulheres

Fascite plantar

A fascite plantar é uma inflamação do tecido denso na sola do pé, que ocorre pelo esforço excessivo da região. Esse tecido é denominado fáscia plantar, uma aponeurose (tecido que recobre a musculatura da planta do pé) que se estende do calcâneo, osso que forma o calcanhar, aos dedos.

Fratura por estresse do Calcâneo

O calcâneo é o osso que forma o calcanhar e o maior e mais volumoso do pé. Em atletas de corrida, a lesão mais comum no calcâneo é a fratura por estresse.

Joanete

O hálux valgo, conhecido como joanete, não é um osso que cresceu ou que surgiu, mas sim um desvio do primeiro osso metatarsiano (no dedão) que se expressa como uma saliência na região de dentro do pé, causada por questões genéticas ou mecânicas, como o uso de calçados inadequados.

Tendinopatia dos tendões do pé e tornozelo

A tendinopatia é um problema comum entre pessoas que treinam duro, com sobrecarga dos esforços ou são atletas que aumentam a intensidade ou mudaram o treinamento.

Canelite

Popularmente conhecida como canelite, a síndrome da tensão tibial medial (STTM) é comum nas pessoas que praticam corrida, principalmente nos iniciantes que ainda não se adaptaram às atividades, ou que exageram no ritmo e na intensidade dos treinamentos.

Esporão de calcâneo

O esporão de calcâneo surge devido ao crescimento excessivo e anormal de uma parte do osso do calcanhar, e pode ocorrer na parte de trás ou de baixo do pé.

Fraturas metatarsos

Os ossos metatarsos são cinco ossos longos que formam a região anterior do pé, conhecida popularmente como o peito do pé. Eles são ligados entre si por músculos, tendões e ligamentos fortes, que dão estabilidade ao arco plantar.